terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Star Trek Continues: audaciosamente indo onde nenhuma fan-série jamais esteve

"Star Trek Continues" é, na minha opinião, a melhor e mais fascinante fan-série de Star Trek que já assisti. Com histórias muito bem escritas e produção esmerada, resgata fielmente o espírito da série original, permitindo aos trekkers que não se contentam com apenas três temporadas de TOS a continuação das aventuras da Enterprise, indo audaciosamente onde nenhuma fan-série jamais esteve. Abaixo, tradução de artigo de Dan Colman sobre "Star Trek Continues", publicado ontem pelo site http://www.openculture.com/.

Apesar de seu legado e influência, a série original de Star Trek durou somente três temporadas (ou 79 episódios no total), antes da rede NBC a cancelar, em junho de 1969. Apenas no "syndication" é que Star Trek atingiu o status de cult, e isto fez com seu crescente número de fãs começasse a se perguntar: "E se Star Trek tivesse continuado? Como teria terminado a história?" Eis que surge "Star Trek Continues", uma webserie produzida por fãs e aclamada pela crítica, criada pelo ator e diretor Vic Mignogna.

Quando perguntado ao filho de Gene Roddenberry, o criador de Jornada nas Estrelas, se "Star Trek Continues" conseguiu criar uma boa sequência, ele respondeu: 

"Eu tenho que dizer... Tenho absoluta certeza de que meu pai iria considerar este cânon. O fato de vocês fazerem histórias que significam algo, que têm profundidade, que nos fazem pensar um pouco... Eu realmente acho que ele aplaudiria vocês."


"[Star Trek Continues] chega assustadoramente perto de fazer uma cópia fiel da série original, nos cenários, nas maquiagens e penteados, figurinos e trilha sonora... A direção de arte capta precisamente o visual day-glo do início da TV em cores. O mais notável é Mignogna; nenhuma interpretação, por exemplo, James Bond imita Sean Connery, pura e simplesmente, mas Mignogna chega tão espantosamente perto da dinâmica, da energia "staccato" de William Shatner, que esqueço que estamos olhando para outro ator."

Graças a recursos captados por duas campanhas Kickstarter, é possível assistir 5 episódios até agora. Aperte o play e assista os episódios em uma lista de reprodução, do início ao fim. Ou então assista no site oficial de "Star Trek Continues", onde dentre outras coisas você pode fazer um tour virtual de 360 graus pelo set

Você também pode fazer doações, que irão ajudar na realização do sexto episódio, que deverá ir ao ar em maio, e após mais outros sete episódios. 




5 comentários:

  1. Mas e a Paramount tá deixando de boa? Porque tem um outro filme Star Trek Axanar que parece que ela tá pegando no pé por conta dos autorais. E Axanar foi tb feito com doações e tem efeitos especiais a altura de uma ILM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Suspeito que a bronca com Axanar seja por ser um longa-metragem.

      Excluir
  2. Nossa! Fascinante! Kkkkk Muito bom mesmo. O ator e diretor estudou o jeito do Kirk de verdade. Amei.

    ResponderExcluir
  3. Adorei os novos filmes do Star trek, principalmente ver o Khan feito pelo Cumberbatch. Como não achar todos os seus projetos incríveis? Ele é simplesmente o máximo! Quero muito ver o seu novo trabalho, Brexit. Este filme me parece ser um dos melhores e mais aguardados do gênero de drama que está pra estrear. Só pelo trailer, é impossível não se deixar levar pelo ritmo da historia. A maioria dos filme sobre política são cansativos e este parece estar longe de ser, só pelo assunto e pelos atores. Eu estou ansiosa para assistir e, com toda certeza, verei na estreia.

    ResponderExcluir